Como acabar com o queloide

Como acabar com o queloide
Rate this post

Uma cicatriz proeminente, que aparece depois dos menores cortes e, muitas vezes, deixa as pessoas que sofrem com esse problema bastante constrangidas.

Essa é a rotina de quem tem queloide, um problema simples, mas que acaba mexendo com a autoestima das pessoas. Você sabia que é possível enfrentar a questão e ficar livre destas tão indesejadas marcas?

Não? Então continue conosco. Preparamos um texto completo com tudo o que você precisa saber sobre o queloide e como enfrentar o problema sem comprometer sua qualidade de vida.

O que é o queloide?

O queloide é caracterizado por um crescimento excessivo do tecido responsável por cicatrizar as feridas. Em geral, as cicatrizes em pessoas que sofrem com esse problema são maiores do que a ferida original, e levam até semanas ou mesmo meses para que se desenvolva por completo.

No queloide, podemos observar as seguintes características: espessura grande, endurecimento da cicatriz, cor avermelhada, além de coceira e dor.

Quem sofre de queloide tem mais chances que o problema apareça em áreas como ombros, costas e mamas, áreas com maior espessura. No entanto, ele pode aparecer também nas orelhas, depois da colocação de brincos ou piercings.

O que pode causar o queloide?

Em geral, qualquer tipo de ferimento pode contribuir para o surgimento do queloide.

Ou seja, é possível que ele apareça em problemas como cicatriz de acne, queimaduras, cicatriz de varicela, piercings no corpo, arranhões e machucados, locais onde foram feitas incisões de cirurgias ou, ainda, locais onde as pessoas foram vacinadas.

No entanto, boa parte dos especialistas acredita que o surgimento do queloide está relacionado a questões genéticas. Ou seja, quem tem pais ou parentes com casos de queloide tem mais chances de desenvolver o problema.

Quais os grupos de pessoas com mais chances de desenvolver queloide?

Embora o problema possa aparecer em qualquer pessoa, existem alguns grupos considerados de risco e que estão mais propensos a sofrer com o problema.

Por exemplo, pessoas afro-descendentes, aqueles que estão na faixa etária entre 10 e 20 anos ou quem tem ascendência asiática e hispânica tem mais chances de desenvolver queloide.

Quais os sintomas do queloide?

Quem tem queloide pode apresentar os seguintes sintomas: partes do corpo com tonalidade rosada ou vermelha, áreas grumosas da pele, em geral levantadas, ou ainda, uma parte da pele onde está a cicatriz, que continua a crescer.

Além disso, quem tem queloide pode sentir, também uma forte coceira na pele e ter manchas na região.

Queloide tem cura?

A cura total do queloide depende do nível que o excesso de cicatriz se encontra. No entanto, existem várias formas de diminuir seu aspecto, reduzindo o impacto visual causado por elas.

Os queloides, em sua maioria, são benignos e não requerem atenção médica. No entanto, caso o crescimento da cicatriz continue desordenadamente, ou você tenha qualquer sintoma adicional, pode ser necessário consultar um médico.

Como remover um queloide?

Por se tratar de um problema de cicatrização, a retirada do queloide com a ajuda de cirurgias nem sempre é a melhor opção. Em muitos casos, o ideal é o uso de medicamentos tópicos, como pomadas. Conheça algumas delas.

Pomadas para queloide

Cicatricure

Criada especialmente para melhorar o aspecto da pele com cicatrizes, essa pomada permite a reparação da textura, diminuição e melhoria da coloração da cicatriz.

Skimatix

Com aspecto de gel e coloração transparente, essa pomada ajuda a manter a umidade da pele em equilíbrio, além de ajudar na manutenção da superfície que será cicatrizada.

Essa pomada promete, ainda, aliviar as coceiras e o desconforto causados pelo queloide, diminuindo também a descoloração da pele na área lesionada.

Kelo-cote

Essa pomada pode ser usada como medicamento preventivo, dificultando a formação do queloide depois de cirurgias, traumas ou queimaduras. Ela deve ser aplicada na pele quando o ferimento já estiver fechado.

Contractubex

Pensada para diminuir o aspecto de cicatrizes originárias de queimaduras, amputações ou intervenções cirúrgicas, essa pomada pode ser utilizada em quelóides ou cicatrizes hipertróficas, que limitam os movimentos.

Tratamentos estéticos contra o queloide

Algumas pessoas podem combinar o uso de pomadas à tratamentos estéticos com o queloide, melhorando seu aspecto. Conheça algumas destas ações.

Peeling

Nesse tratamento, é aplicada uma solução química sobre a pele, que a ajuda se regenerar e combate outras cicatrizes que possam existir.

Injeção de cortisona

Mais indicado para queloides pequenos ou que ainda estão no início, a injeção de cortisona ajuda a diminuir a cicatriz e combate a irritação, já que o medicamento é injetado diretamente na lesão, com intervalos que variam entre quatro e seis semanas.

Criocirurgia

Nesse tratamento estético, a lesão é congelada com nitrogênio líquido, o que ajuda a diminuir o tamanho do queloide e o tornar mais liso e com menor protuberância.

No entanto, esse tratamento pode deixar a pele da região onde for aplicado mais clara do que o restante do corpo.

Laserterapia

Nesta terapia, a pele é exposta a um laser que aquece sua camada superficial, a epiderme, e parte da derme. Durante a aplicação, o laser se move por toda a extensão da cicatriz, removendo as camadas mais afetadas e deixando as camadas mais naturais à mostra.

Essa ação ajuda a clarear o queloide e diminuir o tamanho da protuberância da cicatriz.

Betaterapia

Esse procedimento pode ser feito antes de cirurgias feitas em pessoas que já tenham tendência a desenvolver o queloide. Neste caso, é aplicada radiação no local há a necessidade de desenvolver cortes, reduzindo assim o risco de cicatrizes.

Tratamentos caseiros contra queloides

Além do uso de pomadas e tratamentos estéticos, existem soluções caseiras que podem contribuir para acabar com os queloides. Um deles é o pó de sândalo com água rosa.

Para utilizar o produto, basta fazer uma pasta com esses dois ingredientes e aplicar sobre a cicatriz todas as noites, até que a cicatriz comece a diminuir.

Outro tratamento que ajuda a diminuir o tamanho dos queloides é o suco de limão.

Para isso, basta misturar um copo de água de rosas, duas porções de suco de limão e uma colher de terra. Mexa bem e aplique essa mistura em toda a cicatriz, fazendo massagens por dez minutos.

Em seguida, basta lavar com aguar fria e repetir o procedimento ao menos três vezes na semana.

Leave a Reply