Como emagrecer depois do parto

Como emagrecer depois do parto
Rate this post

A gravidez é um período incrível na vida de toda mulher. A relação com o bebê que está para vir ao mundo se torna ainda mais intensa, e é preciso se acostumar ao fato de que, a partir do nascimento, uma vida dependerá integralmente dos seus cuidados.

Mas, além de todas essas mudanças, a futura mãe tem uma mudança ainda mais intensa com a qual ela precisa lidar: a transformação em seu corpo.

Com a crença de que uma grávida está “comendo por duas”, muitas mulheres acabam ganhando muito peso durante a gestação, e enfrentando problemas para voltar a seu peso anterior.

Para ajudar as gestantes que estão prestes a ter o bebê e querem eliminar os quilos extras o quanto antes, preparamos um guia com tudo o que você precisa saber para ficar em forma em pouquíssimo tempo.

Emagrecendo com dieta depois do parto

Depois do parto, as novas mães precisam fazer uma dieta equilibrada, rica em líquidos, cereais integrais, frutas, legumes, peixes, leite e derivados. Além de ricos em nutrientes, essa dieta ajudará as mulheres que acabaram de ter um bebê a recuperar a boa forma rapidamente.

Além disso, essa dieta atende às necessidades energéticas da amamentação. Por isso, a dieta para as recém-parturientes precisa ser balanceada, pois manter uma alimentação restritiva prejudicará não só a recuperação da mulher como sua capacidade de produzir o leite materno.

Desta forma, as mulheres com bebês recém-nascidos devem se preocupar com o emagrecimento apenas depois dos seis meses de vida do bebê. Até esse período, o peso da mãe se reduz naturalmente, graças à ajuda providencial da amamentação. Falaremos dela com detalhes mais para frente.

Depois do nascimento do bebê, a mulher precisa, também, manter uma boa hidratação, bebendo ao menos três litros de água por dia, para que se recupere facilmente e seja capaz de produzir o leite materno.

Para ajudar as jovens mães, que não sabem exatamente o que incluir em sua dieta diária, separamos uma sugestão de cardápio diário que pode lhe dar uma boa ideia do que deve consumir para ser capaz de amamentar o seu bebê.

Cardápio para o pós-parto

Café da manhã: suco natural de laranja ou de outra fruta, acompanhado de um iogurte natural desnatado e uma torrada com manteiga, ou 30 gramas de cereais integrais;

Colação: chá de camomila ou de erva-cidreira e um iogurte natural desnatado;

Almoço e jantar: 250 gramas de legumes cozidos no vapor com 150 gramas de peixe grelhado, peito de frango ou bife de vitela. Coma frutas variadas como sobremesa;

Lanche: duas fatias de pão de forma integral com uma fatia de queijo e uma fatia de presunto de peru com 250 ml de suco de fruta.

Emagrecendo com exercícios depois do parto

Para as mulheres que querem acelerar o emagrecimento depois do parto, uma boa alternativa é começar a fazer exercícios, para a queima de gordura e a definição do corpo.

No entanto, é preciso ir com calma, para que o corpo se acostume a essa nova rotina. Por exemplo, nas primeiras semanas depois do parto, a mulher ainda está muito fraca, tornando até mesmo um simples passeio pela rua como uma atividade extremamente cansativa.

Por isso, nesse período, a recomendação é para exercícios mais leves, pois o corpo da mulher ainda está em recuperação.

Para evitar complicações, a recomendação é esperar até a sexta semana depois do parto para começar a atividade física. Confira abaixo algumas dicas de exercícios para emagrecer depois do nascimento do bebê.

Exercício 1

Deite de barriga para cima, com as pernas e os braços esticados. Dobre os joelhos e levante o quadril do chão, mantendo essa posição por 15 segundos. Faça três séries de 20 repetições.

Exercício 2

Apoie seu corpo com os braços ou cotovelos e os joelhos no chão. Contraia a barriga por dez segundos. Vá aumentando esse tempo a cada semana. Faça três séries de 15 repetições.

Exercício 3

Apoie os cotovelos e os joelhos no chão. Levante uma das pernas do chão e mantenha-a dobrada. Faça três séries de 20 repetições para cada perna.

Para ter melhores resultados, faça esses exercícios de duas a três vezes por semana. Se possível, combine-os a caminhadas, corridas, pilates ou ioga. Desta forma, você perderá mais calorias e emagrecerá muito mais rapidamente.

Emagreça depois do parto com a amamentação

Quem tem um bebê ouve, de amigos e conhecidos, que precisa amamentar a criança, porque esse ato ajuda a emagrecer. Muitos ficam em dúvida sobre a veracidade desta informação, e acreditam se tratar de um boato.

Felizmente, esta não é mais uma crença sem fundamento. Ao contrário, amamentar emagrece, porque o ato de produzir leite materno faz com que a mulher gaste muitas calorias.

Para que você tenha uma ideia, quem amamenta emagrece, em média, dois quilos por mês quando essa amamentação é exclusiva, já que a produção do leite gasta de 600 a 800 calorias por dia, o equivalente a meia hora de caminhada moderada.

Ou seja, uma mulher que amamenta exclusivamente até os seis meses, consegue perder peso rapidamente, porque logo depois do parto, ela perde entre nove e dez quilos.

Três meses depois do nascimento do bebê, a mulher pode perder até seis quilos, desde que amamente exclusivamente a criança. Após seis meses do bebê nascido, essa perda de peso pode beirar os seis quilos, quando envolve exclusivamente a amamentação.

No entanto, quando a jovem mãe engordou muito durante a gravidez, pode demorar mais de seis meses para que volte ao peso que possuía antes de engravidar, principalmente se ela não amamentar a criança de forma exclusiva ou não fizer uma dieta equilibrada durante esse período.

Alimentação durante a amamentação

A alimentação precisa ser planejada com muito cuidado durante a amamentação, porque a exigência que o corpo precisa atender para gerar o leite necessário ao bebê é muito intenso.

Esse gasto calórico não só ajuda a perder peso, como também abre o apetite, fazendo com que mulheres que não se cuidem acabem engordando ao invés de emagrecer nesse período.

Leave a Reply