Como identificar e tratar a dor de garganta

Como identificar e tratar a dor de garganta
Rate this post

Seja por causa de uma gripe, resfriado ou mudança de clima, a dor de garganta aparece e pode ser bem incômoda. Em algumas pessoas, o problema pode ser recorrente, mais do que em outras.

Causas para o aparecimento da dor de garganta

As dores de garganta, podem aparecer tanto em crianças, como em adultos. As razões para esse quadro ocorrer, geralmente é devido à inflamação das amígdalas, da faringe ou da laringe.

A consequência da inflamação, é a dificuldade de engolir, febre, dores de cabeça, indisposição, vômitos e o inchaço, provocado por bactérias ou vírus. Geralmente, o quadro melhora dentro de uma semana.

Em casos mais graves, onde a febre não abaixa, o paciente não consegue tomar água, ou se alimentar, é necessário procurar a ajuda médica. Outras causas para o aparecimento da dor de garganta, são:

– Gripes, resfriados;

– Laringite, faringite;

– Amigdalite e inflamação da apiglote;

– Casos raros de doenças sexualmente transmissíveis, como clamídia e gonorreia, podem causar a dor de garganta.

– Dor de ouvido e de garganta juntos, pode ser um problema no ouvido médio, e por isso, um otorrinolaringologista deve ser consultado.

– Dor de garganta recorrente: pode significar que o sistema imunológico está fraco, necessitando se alimentar com mais nutrientes para fortalecer o sistema de defesa do corpo.

Prevenção e tratamento

A prevenção da dor de garganta, começa-se evitando locais com aglomerados de pessoas, principalmente fechados e com pouca ventilação natural.

No inverno e com o clima seco, a garganta pode parecer um tanto seca e com a sensação de estar arranhando. Ao andar de ônibus, usar o banheiro, e sempre que se lembrar, lave bem as mãos, desinfetando com álcool gel, e também esterilizar os alimentos adequadamente antes de consumir, bem como os talheres, pratos e copos.

Além disso, consumir alimentos ricos em vitamina C, previne e combate a dor de garganta, aos resfriados e gripes. O tratamento para a dor de garganta de origem bacteriana, é feita com antibióticos e anti-inflamatórios recomendados pelo médico.

Remédios caseiros

www.dordegarganta.blog.brremedio-caseiro-para-garganta-inflamada-e-febre

Já a de causa viral, não existe um medicamento específico contra ela, pois ele não terá efeito algum. Os gargarejos caseiros com água, sal, vinagre ou bicarbonato de sódio, se mostraram bem eficazes nesses casos.

-Água morna, limão e sal:fazendo um gargarejo de quatro a cinco vezes por dia, com água morna, suco de limão e um pouco de sal, irá auxiliar na desinflamação da garganta.

– Chá de gengibre: faça o corte de cinco gramas de gengibre fresco em cubos, e coloque em 500 ml de água fervente (pode acrescentar canela). Espere esfriar e beba-o ao longo do dia. O gengibre é quente, e auxilia na desinflamação e desinfecção da garganta.

– Dente de alho:triture um dente de alho e mastigue-o. Ele possui propriedades anti-inflamatórias e curativas naturais.

– Pastilhas com mentol, hortelã e ação refrescante, podem auxiliar no alívio da dor de garganta.

– Tomar duas colheres de mel,com cinco gotas de própolis, irá aliviar a dor e desinflamar.

– Corte 6 gramas de casca de romã em 150 ml de água fervente. Espere esfriar, e beba duas vezes ao dia.

– Comer chocolate amargo alivia a dor, porque ele possui flavonoides, que são anti-inflamatórios naturais. O cacau e a gordura boa que ele possui, lubrifica a garganta e diminui a dor.

– Chá de orégano com limão:em um recipiente, coloque três colheres de sopa de orégano com um pouco de água, fervendo-a. Coe o chá, e acrescente o limão, e tome-o em seguida morno.

– Vinagre de maçã com água morna:ajuda a desinflamar e reduzir a dor de garganta.

– Bicarbonato de sódio com água:aqueça uma xícara de água, meia colher de chá de sal e meia colher de bicarbonato de sódio. Faça um gargarejo com a mistura, sem engolir, assim que a água estiver morna.

– Mastigar alguns cravos na boca,pode também aliviar a dor na garganta, devido à presença de eugenol, que é o óleo presente no cravo. Ele é antibacteriano e não é prejudicial à saúde se por acaso for engolido.

Os remédios comumente receitados pelos profissionais da saúde, são: o paracetamol, diclofenaco, dipirona, cataflam, o hexamidina em spray (um medicamento anestésico) entre outros. Mas, devem ser usados com cuidado, e jamais se automedicar.

Se a causa da dor de garganta for viral e bacteriana, pode-se tomar bebidas geladas como sucos e sorvetes, para ajudar a aliviar o incômodo e a inflamação do local.

Em alguns casos, é necessário remover cirurgicamente as amígdalas, a fim de cortar pela raiz a infecção. A recorrência de inflamação e infecção dos dentes sisos, também podem contaminar a garganta, causando o problema.

As infecções e inflamações dentárias, devem ser devidamente tratadas para que as bactérias não se espalhem para outros órgãos no corpo como, coração, pulmão, cérebro, causa sinusite, e em casos graves, à infecção generalizada que leva ao óbito.

A ida regular ao dentista, deve sempre ser acompanhada do uso de medicamentos antibióticos, para tratar e combater as bactérias maléficas ao corpo humano.

Pode parecer improvável, mas uma única bactéria ou vírus invisíveis a olho nu, podem causar sérios problemas à saúde, se não forem diagnosticados e tratados corretamente.

Gengivas e dentes sangrando de forma recorrente, presença de pus, febre baixa, secreção saindo do nariz, dores de cabeça, diminuição do olfato, mal-estar, e crescimento desregulado dos dentes, também merecem atenção.

 

Vá ao médico se a infecção ou inflamação não passar, pois podem ocorrer vários tipos de doenças no ouvido, nariz e garganta, que podem resultar em infecções e inflamações, onde somente o otorrinolaringologista pode diagnosticar e tratar corretamente do problema.

Se o problema for realmente nas amígdalas, por exemplo, e precisar de cirurgia para a remoção delas, quanto mais cedo fizer, melhor. Principalmente nas crianças, onde a capacidade de cicatrização é maior e rápida.

É preciso evitar ingerir bebidas quentes, como café, leite e chás, pois podem atrapalhar a produção das defesas do corpo na garganta.

Leave a Reply