Conheça tudo sobre o BCAA

Conheça tudo sobre o BCAA
Rate this post

Para as pessoas que frequentam a academia, se matam de malhar, mas não conseguem ver o resultado que esperam, este texto está sendo elaborado para elas. O intuito deste texto é falar sobre a BCAA, que é um suplemente que tem surpreendido a muitas pessoas, justamente porque vem apresentando excelentes resultados, fazendo com que as pessoas ganhem massas musculares, ficando forte, num pequeno espaço de tempo.

O BCAA é um suplemento que ajuda no ganho de massa muscular de maneira rápida e saudável. BCAA é uma sigla americana, que numa simples tradução, significa Aminoácidos e Cadeia Ramificada. Isso quer dizer que são aminoácidos essenciais, que só são encontrados nesse produto, uma vez que eles não são produzidos pelo organismo humano.

BCAA complementando a prática de atividade física

Por todos aqueles que têm o hábito que frequentar academia, praticar exercícios físicos, o BCAA é altamente recomendado, isso porque ele oferece resultados extremamente satisfatórios.

O seu consumo teve um salto muito grande, justamente porque ele ajuda a reconstruir a musculatura, evitando o acontecimento do efeito catabólico. O BCAA, junto com uma dieta e disciplina, faz com que sejam mantidos os efeitos alcançados durante o exercício, atuando na reparação dos músculos que estiverem lesionados e promove o metabolismo proteico.

Para que serve o BCAA?

De forma geral, o BCAA está associado à formação da massa muscular. De certa forma, essa afirmação não está errada. Isso porque o BCAA é responsável por muito mais funções que vão além do desenvolvimento dos músculos.

A proteína que faz parte do suplemento é responsável pela construção da pele, dos cabelos, das unhas e de vários outros tecidos do organismo. Ela também é importantíssima para as reações celulares, para o controle dos níveis de glicose no sangue e para combater as infecções e diversas outras doenças.

É importante lembrar que, para que o organismo obtenha todas as proteínas necessárias, o corpo precisa ter um conjunto de aminoácidos, que participam da formação desse nutriente.

Acontece que, de uma forma total, dos 20 principais aminoácidos que participam do processo acima descrito, o corpo produz 11 e os outros 9, precisam ser ingeridos na alimentação ou através da suplementação.

É por isso que diversos atletas fazem a ingestão de aminoácidos isolados. E está exatamente aí também o sucesso do BCAA nas academias e nos esportes que exigem força muscular.

 

Como o BCAA age no organismo?

Os aminoácidos que fazem parte da fórmula do BCAA participam da síntese da alanina e glutamina, que são dois elementos importantíssimos para a formação do glicogênio, que está presente nos músculos e tem como função ser uma espécie de estoque de energia para o organismo.

Enquanto está exercitando, o músculo esquelético utiliza alguns aminoácidos, que se transformam em energia. Esse músculo, em sua maioria, é composto pelos BCAA’s.

É por isso que, a cada atividade física praticada, os níveis de BCAA no organismo ficam muito baixos, o que prejudica a hipertrofia muscular depois do treino. E é justamente nessa hora que entra em prática a suplementação, que deve ser feita na quantidade correta, para que haja a reposição e a regularidade da quantidade de aminoácidos que foram perdidos.

Qual é a composição do BCAA?

Na fórmula que compõe o BCAA, a presença de três aminoácidos que são essenciais ao organismo humano faz toda a diferença: a Valina, a Leucina e a Isoleucina. E é nesse fato que se diferencia o BCAA: nos inúmeros benefícios que oferece ao corpo.

Como componentes do BCAA, são encontrados Lecina, Vitamina B6, L-Isoleucina, L-Valina, Polpa desidratada de frutas vermelhas, Veículo Maltodextrina, Aromatizantes artificiais, Acidulante Ácido Cítrico, Antiumectante Dióxido de Silício e Corante artificial vermelho Ponceau.

Quais os benefícios encontrados com a utilização do BCAA?

O BCAA será o responsável por melhorar a resistência da pessoa, já que o corpo converte o suplemento em glicose, dando mais energia para que os exercícios físicos sejam realizados da melhor forma. Além disso, o BCAA irá melhorar o sistema imunológico, uma vez que ele irá provocar um aumento da Glutamina, que é considerado um dos aminoácidos mais importantes para o sistema de defesa do corpo.

Os benefícios encontrados na utilização do BCAA são:

  • Manutenção da proteína corporal;
  • Redução da perda da massa magra;
  • Ajuda no processo de cicatrização;
  • Aumento dos níveis de proteína encontrada nos músculos das pessoas idosas;
  • Ajuda no tratamento de doenças relacionadas ao fígado e aos rins;
  • Aumenta as defesas do corpo;
  • Recupera de forma mais rápida o cansaço muscular;
  • Estimula a síntese da proteína.

O BCAA também é essencial para o processo de recuperação muscular e de futuras lesões provocadas pelos exercícios.

 

Qual a forma de utilizar o BCAA?

Para o seu melhor efeito, o BCAA deve ser utilizado antes do treino, isso porque ele faz com que não haja perda de massa muscular, pois os aminoácidos que estão presentes na fórmula não irão se perder enquanto o treino estiver rolando. E tem mais, a sua composição irá ajudar dando mais energia para a prática dos exercícios.

Caso a pessoa queira fazer uso do BCAA depois do treino, o efeito do suplemento irá auxiliar na reconstrução muscular e na reparação das lesões nos músculos. E não é só isso. O BCAA irá estimular a liberação de hormônios que trarão diversos benefícios para o organismo, como a Testosterona, o GH e a Insulina.

Para a sua ingestão, é indicado que seja utilizado um dosador, para que possa medir cinco gramas que serão dissolvidas em duzentos mililitros de água. Os benefícios que o BCAA traz ao seu organismo são inúmeros e, mesmo com todos eles, é importante ressaltar que você faça uma dieta equilibrada, uma vez que o BCAA não irá substituir uma alimentação normal.

Mais uma informação importante é que o BCAA não deve ser consumido por crianças, gestantes e pessoas idosas. Caso elas queiram fazer uso do suplemento, o médico responsável deverá ser consultado antes.

Pessoas que não praticam atividades físicas também não têm a necessidade de utilizar o suplemento, já que não há perda destes aminoácidos no organismo.

Leave a Reply