Ejaculação precoce: Descubra o que é e como se livrar desse problema!

Ejaculação precoce: Descubra o que é e como se livrar desse problema!
Rate this post

A ejaculação precoce é o problema sexual mais comum nos homens, no entanto, são poucos os que confessam a um médico. Um grande erro, uma vez que, com a ajuda de um profissional, a ejaculação precoce tem solução.

O que é ejaculação precoce?

A ejaculação precoce consiste em uma súbita expulsão do sêmen, descontrolada e antes do momento desejado pelo homem, que não é capaz de controlar o reflexo ejaculatório. Ocasionalmente, ocorre mesmo antes de a penetração começar.

Aceita-se como ejaculação prematura aquela ocorre antes de 1 minuto e que provavelmente que oscile entre 1 a 1,5 minuto.

Não é um problema grave para a saúde do homem, e geralmente não é causado por uma complicação física. No entanto, deve ser tratada para evitar problemas psicológicos que possam alterar a estabilidade emocional do paciente ou seu relacionamento. Pode até ser uma causa de infertilidade em casais se nunca conseguir ejacular dentro da vagina.

Quem a ejaculação precoce afeta?

É a disfunção sexual mais frequente em homens, uma vez que geralmente afeta quase 30% dos homens, e pelo menos 70% tiveram um episódio de ejaculação precoce durante toda a vida. Pode aparecer em qualquer idade. Geralmente é consultado com menos frequência do que a disfunção erétil, embora seja mais prevalente do que a disfunção erétil.

Classificação da ejaculação prematura

Algumas classificações mais recentes distinguem os seguintes tipos:

Ejaculação precoce permanente: isso acontece em menos de 1 minuto de penetração e geralmente é genético.

Ejaculação precoce adquirida: geralmente de causa somática ou psicológica.

Ejaculação precoce variável natural: não é constante, mas ocorre em algumas situações específicas e é considerada uma variante da normalidade.

Disfunção ejaculatória prematura: acontecem com homens ejaculam normal em termos de tempo, mas se queixam de isso ocorrer mais cedo do que o desejado.

Seja qual for o grau que o paciente apresente, é essencial que ele o consulte, sem vergonha, um médico, que será o único a indicar o tratamento correto.

Causas da ejaculação precoce

Entre os possíveis motivos que causa a ejaculação prematura está:

– A ansiedade é um fator essencial e uma das principais causas da ejaculação precoce. Um alto nível de estresse ou nervosismo, medo do casal engravidar ou fazer papel de bobo, podem ter a consequência de que o homem perde o controle durante a relação sexual.

– Causas biológicas se refere o mecanismo pelo qual se acredita que esse distúrbio ocorre no nível neurológico é uma alteração na sensibilidade dos receptores cerebrais da serotonina.

– Na ejaculação precoce primária, reconhece-se que pode haver um distúrbio genético que altera essa sensibilidade dos receptores de serotonina.

– Relacionamentos sexuais pouco frequentes. Homens que não têm relações sexuais frequentemente têm a tendência maior a serem ejaculadores prematuros.

– Algumas doenças psiquiátricas, como depressão, transtorno bipolar ou estresse pós-traumático, também podem se tornar causas da ejaculação precoce.

– Infecções do trato urinário ou próstata. A prostatite crônica é frequentemente a causa da disfunção sexual.

– Alcoolismo e tabagismo crônico, que também podem causar disfunção erétil.

– Remédios e drogas como cocaína, maconha, diuréticos, anti-hipertensivos e digoxina são as substâncias normalmente relacionadas a esse problema.

– Distúrbios neurológicos como neurossífilis, esclerose espinhal e neuropatias.

– Distúrbios hormonais como defeitos na glândula tireoide e suprarrenais. Esses casos também são acompanhados de disfunção erétil.

Tratamento da ejaculação precoce

O tratamento da ejaculação precoce depende da gravidade do caso e como este problema afeta o paciente. Em primeiro lugar, se inicia terapias psicológicas cujo objetivo é modificar as técnicas sexuais e exigir que a participação do casal seja eficaz. O tratamento farmacológico será reservado para aqueles casos em que a terapia não obtém os resultados desejados.

Terapia psicológica

A coisa mais importante é dar ao paciente e seu parceiro sexual informações precisas sobre o problema, para ajudar os afetados aprender a identificar as sensações que precedem o orgasmo e ser capaz de canalizar adequadamente a excitação sexual e, portanto, controlar o seu reflexo ejaculatório. Além disso, ambos devem ser encorajados a estabelecer uma boa comunicação, pois é necessário eliminar qualquer tensão ou expectativa no casal, para evitar situações que possam fazer com que o paciente se sinta pressionado.

Medicamentos antidepressivos

Aqueles que inibem a recaptação da serotonina são os mais eficazes, pois atrasam o reflexo ejaculatório. Os mais utilizados são paroxetina, fluoxetina e sertralina. A Dapoxetina é aprovada em muitos países para esse fim.

Tramadol

É um analgésico opioide, considerado um opioide menor, que demonstrou que o uso de cerca de 2 horas antes da relação sexual retarda a ejaculação por inibir a recaptação da serotonina.

Anestésicos locais para tratar a ejaculação precoce

Existem cremes anestésicos que podem ser aplicados ao pênis para reduzir a sensibilidade (o uso de preservativos também tem esse efeito em alguns homens). O risco de usar anestésicos que podem influenciar a capacidade de conduzir e problemas para alcançar ou manter a ereção, por isso é melhor não usar estes produtos. Por outro lado, representam apenas uma solução temporária que não resolve o problema de base.

Outras técnicas para combater a ejaculação precoce

Pode se tentar resolver o problema com práticas de relaxamento e métodos de respiração que ajudam a eliminar a ansiedade ou tentar outros métodos, como:

– Parar e seguir: Quando o homem está prestes a atingir o orgasmo, a estimulação é interrompida por cerca de 30 segundos e depois continua. Isso pode ser repetido várias vezes ao longo de cada relação sexual.

– Comprimir o pênis: Como no caso anterior, o homem deve avisar quando você está prestes a ejacular para parar a estimulação sexual e depois apertar-se suavemente a extremidade do pênis (onde se junta a glande) por alguns segundos. Isso pode ser feito algumas vezes até que o homem queira ejacular.

A prevenção da ejaculação precoce está intimamente ligada à psicologia do paciente. É importante manter a calma durante as relações sexuais sem criar expectativas.

A maioria dos homens acredita que pensar em outras coisas durante a relação sexual atrasa a ejaculação; no entanto, não foi cientificamente provado que isso é verdade. Pelo contrário, pode ser uma fonte de frustrações, não só porque não se atinge o objetivo perseguido, mas por não permite que o homem se concentre e desfrute do sexo.

A mente percebe, administra e canaliza a excitação sexual e, portanto, quando pensa em outra coisa, diminui apenas a capacidade de controlar a resposta ejaculatória.

Bom, é isso gente o artigo vai acabando por aqui mas se você quiser descobrir algum produto para te ajudar com ejaculação precoce é só clicar aqui. Beijinhos

Leave a Reply