Fibromialgia: Conheça essa doença que provoca dores por todo o corpo!

Fibromialgia: Conheça essa doença que provoca dores por todo o corpo!
Rate this post

Provavelmente você é ou conhece uma pessoa que está sempre sentindo dores no corpo. E, em muitas das vezes, por não ter diagnóstico ou nenhum motivo aparente, você pode até achar que a pessoa está contando história, afinal de contas, a pessoa, para sentir dor, precisa estar com algo, não é mesmo?

Mas é aí que uma grande injustiça pode estar sendo cometida. A pessoa pode realmente estar sentido dor, mas não é porque ela quer. Mas sim, porque ela possui uma doença que, até o presente momento, ainda não tem cura e é pouco conhecida pelas pessoas: a Fibromialgia.

Talvez o nome nem possa soar tão estranho assim, ainda mais quando você acompanha esportes e está sempre sendo informado que um determinado atleta vai desfalcar o time porque foi diagnosticado com fibromialgia. Pois então, este texto tem o objetivo de falar um pouco mais sobre essa doença, a fim que você possa saber mais sobre ela, o que fazer e o tratamento indicado.

A Fibromialgia provoca dores nas articulações, nos músculos e no corpo, de uma forma geral. Fique por aqui e entenda um pouco mais sobre essa doença.

O que é a Fibromialgia?

Infelizmente, a Fibromialgia é uma doença crônica e isso quer dizer que ela não tem cura. Mas isso não significa que a pessoa que tem essa doença ficará sofrendo para o resto da vida. Acontece que, quando o seu diagnóstico acontece mais rápido, cedo, isso possibilita aos médicos que encontrem soluções que sejam mais eficazes para que possam aliviar as dores causadas por ela.

A principal delas atinge todo o corpo, o que faz com que as pessoas que sofrem com ela fiquem impossibilitadas de desempenhares atividades que já estavam acostumadas a realizar.

Qual é o diagnóstico da Fibromialgia?

O diagnóstico da Fibromialgia pode ser algo que leve anos para ser realizado, isso porque, quando a pessoa realiza exames e até mesmo a olho nu, esses fatos não fazem com que sejam fáceis de detectar algo anormal acontecendo, o que deixa os médicos até mesmo sem saber o motivo da dores que as pessoas estão sentindo.

Com isso, não conseguem diagnosticar de onde vem as fortes dores que as pessoas sentem. Mas isso não quer dizer que a pessoa viverá sem saber o que tem para sempre. Acontece que, com algumas consultas e análise dos sintomas que são relatados pelos pacientes é que o médico pode chegar ao diagnóstico da Fibromialgia.

E, quanto antes ele for realizado, melhor será para o paciente que, já ciente do que possui, mais facilmente vai se adaptando a doença, se acostumando com o tratamento, amenizando os efeitos dele, que deverá ser feito por toda a vida.

Essa doença não escolhe sexo, nem idade, ou seja, pessoas que qualquer idade podem sofrer com ela, embora sejam mais comuns índices de Fibromialgia em pessoas que estejam com 30 e 50 anos de idade. Mas ela também pode ocorrer em crianças, que irão realizar um tratamento adequado, a fim de que possam aliviar os dores dessa doença, e não ter sintomas dela.

A Fibromialgia é uma doença curável?

Infelizmente, nesse caso não. A Fibromialgia não possui cura, mesmo que o seu tratamento seja extremamente eficaz, com as pessoas conseguindo levar uma vida normal, mesmo sendo portadoras da doença.

Mas, é importante ressaltar que, ás vezes, as dores podem ser tão fortes que nem mesmo os medicamentos utilizados no tratamento normal sejam capazes de amenizar o sofrimento. Nesse caso, é necessário que a pessoa procure o seu médico responsável, para que ele possa recomendar um analgésico mais potente e adequado.

Quais são os sintomas da Fibromialgia?

Durante muito tempo, foi extremamente difícil diagnosticar essa doença, pois muitos acreditavam que as dores que os pacientes sentiam não eram reais, justamente porque não conseguiam identificar o que estava causando dor nelas. Entretanto, hoje em dia já é bem mais fácil ter um diagnóstico preciso, graças aos sintomas da Fibromialgia que foram descobertos com o passar dos anos, como:

  • Dores nas articulações, nos músculos, e em todo o corpo, sem apresentar nenhuma causa específica, como batidas, acidentes, e outros motivos que possam ser os causadores dessas dores;
  • Cansaço. A pessoa apresentar um cansaço excessivo quando realiza pequenas atividades físicas, ficando sem disposição para fazer qualquer coisa;
  • Perda de concentração, de foco, e alguns problemas de memória;
  • Dores na cabeça que continuam por muito tempo, mesmo depois de ter tomado remédio;
  • Dormência e formigamento nas mãos e nos pés;
  • Palpitações;
  • Problemas de sono.

Quais são as causas da Fibromialgia?

Não existe nenhuma causa específica da Fibromialgia, embora existam algumas pessoas que se encontram em grupos de risco, como é o caso das mulheres que têm idade entre 30 e 50 anos, que é a faixa etária onde mais se identificam os casos de Fibromialgia.

Mas essa doença pode ser causada por três fatores:

Genética – isso significa que, se alguém da sua família tem essa doença, é mais provável que você seja diagnosticado com a Fibromialgia que qualquer outra pessoa;

Infecções e doenças causadas por vírus – nesse caso, a Fibromialgia pode ser causada por esses fatores;

Sedentarismo, problemas de sono, má alimentação e falta de atividades físicas – esses fatores também já foram observados nas pessoas que apresentaram essa doença.

Qual é o tratamento para a Fibromialgia?

O tratamento da Fibromialgia consiste em uma combinação de diversos tratamentos, isso porque, além da medicação para aliviar as dores, também é feito um trabalho de fisioterapia e um plano de atividades moderadas para não forçar os músculos.

As massagens e a acupuntura também são bem indicadas para o tratamento da Fibromialgia, pois elas conseguem relaxar o corpo, deixando os músculos mais soltos, leves, ficando com menos tensão, o que faz com que as dores, quando ocorrem, venham com intensidade menor.

Para a paciente ter uma vida normal, mesmo após ter sido diagnosticada, também são recomendadas terapia ocupacional e a prática de métodos que possam ajudar a aliviar o estresse e a diminuir os pensamentos negativos.

Leave a Reply