O que é a artrose e como tratar

O que é a artrose e como tratar
Rate this post

A artrose também chamada de osteoartrite, é causada por um desgaste nas articulações do corpo, gerando muita dor e até mesmo dificuldade para andar normalmente. As articulações situam-se no final dos ossos, e são compostas por cartilagens.

A cartilagem, auxilia o osso a se movimentar juntamente com os ligamentos, a membrana sinovial e o líquido presente nele, evitando que o osso fique batendo no músculo diretamente.

O que causa a artrose

O desgaste da cartilagem nas articulações, e nos ligamentos que a envolvem, causam a artrose. Em fase inicial, a doença não é muito sentida com a movimentação do paciente, mas à medida que o desgaste piora, com ele, aparecem as dores e desconforto.

– O fator hereditariedade conta muito neste caso, pois, pessoas com artrose, podem ter seus descendentes apresentando o mesmo problema no futuro.

– Obesidade: causa um desgaste maior nas articulações do corpo inteiro, pois com o sobrepeso, estas são expostas à pressão e a cartilagem não suporta por muito tempo.

– Hormônios: mulheres na menopausa, tendem a serem acometidas com a doença, já que os ossos ficam mais frágeis e sem tanto cálcio.

– Idade: o envelhecimento natural do corpo, pode piorar o desgaste já sentido pelos pacientes, agravando as dores e gerando o inchaço no local.

– Cirurgias nas estruturas articulares, anormalidades congênitas, gota, artrite, reumatismo e diabetes agravam o quadro de artrose.

– Má formação dos ossos, das articulações ou das cartilagens; lesões nessa área oriunda da prática de esportes intensos, ou acidentes;

– Profissões que exigem movimentos repetitivos, intensos e que deixam a pessoa de pé por muito tempo, como: professores, cabeleireiros, pedreiros atletas, entre outros.

 

Sintomas

– Dor que piora quando a pessoa faz movimentos normais, na área das articulações. Na fase inicial da artrose, o corpo não apresenta nenhum inchaço ou vermelhidão na área, o que pode atrasar o diagnóstico do desgaste.

– Articulações endurecidas: quando a pessoa fica muito tempo parada durante o dia. Lembrando que nem a falta, nem o excesso de movimentos e atividades, devem ser realizados pelos pacientes que possuem a artrose, pois pode piorar a dor;

– Barulhos: à medida que o desgaste aumenta, pode-se ouvir pequenos estalos nas articulações (devido à falta de cartilagem) ao se levantar, abaixar ou andar.

– Fraqueza nos membros superiores ou inferiores do corpo, fraturas, traumas, pancadas e outros incidentes recorrentes no dia a dia do paciente.

Existe tratamento definitivo?

Infelizmente não, o que existem são tratamentos contínuos contra a dor intensa, exercícios moderados (evitando que os membros afetados pela artrose fiquem sem irrigação sanguínea) e fisioterapia.

Injeções com cortisona e soluções lubrificantes como o ácido hialurônico, têm se mostrado eficazes contra as dores e incômodos sentidos pelo desgaste nas articulações. Somente um profissional qualificado, poderá avaliar e administrar essas medicações.

Danos nas cartilagens das articulações, gerados por calcificações ou osteófitos (ou bicos de papagaio), na coluna, tendem a piorar a artrose nesses locais.

O ortopedista é o profissional indicado para diagnosticar a artrose, e o fisioterapeuta indicará exercícios que melhorem a dor controlando-a, e permitindo que o paciente conviva normalmente com ela.

Não deixe de mencionar na consulta médica, fatores hereditários de artrose, problemas de saúde que você tem ou teve, o uso de medicamentos controlados e qualquer outra informação que julgar pertinente para compartilhar com o médico.

Os exames requeridos para o diagnóstico preciso da artrose, incluem radiografias com contraste, ressonância magnética, hemogramas completos, exame físico para avaliar se há inchaço, vermelhidão e sensibilidade no local. A retirada do líquido articular para análise, também pode ser pedida pelo médico, com o objetivo de determinar a existência ou não de inflamações e infecções.

Para uma dor leve a moderada, os analgésicos simples podem resolver, mas não retiram a inflamação das articulações. É necessário o uso de anti-inflamatórios sem esteroides, para reduzir a inflamação e retirar a dor.

Alguns anti-inflamatórios podem causar dores no estômago, zumbido nos ouvidos, problemas cardiovasculares, no fígado ou nos rins, náuseas, constipação e sonolência extrema.

Pessoas que possuem alergia a qualquer composto desses medicamentos, deve ter o cuidado redobrado nas dosagens dos produtos. Alguns casos de artrose, muitas vezes recorrem à cirurgia de realinhamento dos ossos e das articulações.

Geralmente, são colocadas próteses de articulações de plástico ou de metal, mas a longo prazo, pode acontecer de o paciente precisar realizar novamente a cirurgia, pois o desgaste pode continuar acontecendo com o passar dos anos e da idade.

Quem tem artrose deve sempre se movimentar com cuidado, fazer atividades leves, alongar-se periodicamente, controlar o peso, facilitar a vida e evitar dores, como substituir maçanetas das portas (evitando a dor de girá-las);

Não carregar objetos pesados, usar facas, escovas de dente e de cabelo elétricas, coloque barras de ferro nas paredes do banheiro, cuidado com os tapetes em casa (risco de queda), não fique numa mesma posição por muito tempo;

Siga com o tratamento e com os medicamentos recomendados pelo médico de maneira contínua, bem como as consultas e exames periódicos para o acompanhamento da doença.

Quem tem artrose, ou convive diariamente com algum familiar que a tem, deve ter paciência, carinho e compreensão com a limitação ocasionada por ela, evitando conflitos desnecessários e a sensação de impotência ou de que a pessoa não consegue realizar nenhuma atividade.

O fator psicológico é importante, não só para os pacientes que possuem artrose, mas em qualquer outro tipo de enfermidade. Todos temos nossas limitações, e tratar a pessoa mal ou diferente, não irá solucionar o problema.

Deixe-a cercada das pessoas que ela ama, fazendo atividades leves, mas que sejam prazerosas, informe-se sobre os medicamentos e tratamentos que melhorem a sua condição de vida.

Diferente da artrose, a artrite também é um mal muito incômodo, que pode acometer qualquer pessoa. A artrite é uma inflamação de uma ou de mais articulações no corpo, que também causam dor, rigidez e inchaço no local.

Ambas são diagnosticadas somente por um médico, bem como os medicamentos adequados para tratamento da inflamação e da dor.

Leave a Reply