O que significa Parto Humanizado?

O que significa Parto Humanizado?
Rate this post

Atualmente, muitas mulheres que engravidam buscam uma forma de dar à luz com um método que possa ser mais natural, respeitando a forma natural das coisas, nesse caso ao processo de trazer vida ao mundo.

Por que uma mulher grávida decide fazer um parto humanizado?

As mulheres que procuram e decidem pelo parto humanizado, tendem a buscar uma forma de criar uma maior ligação com a natureza, mostrando força e fragilidade do ser humano diante dos fatos naturais.

Através do parto humanizado a experiência de mãe e filho é única, especial durante uma ação ligada plenamente a vida, sem qualquer tipo de elemento técnico criado pelo ser humano. Ele é destinado a criar uma ligação sem a intervenção do acompanhamento do pai, de um médico, sem anestesia, sem o processo de uma cirurgia de cesariana e sem esconder nenhuma parte do ato.

Diferença de parto humanizado e parto normal

Qualquer parto que acontece com o bebê saindo pela vagina será um parto normal. A diferença reside no processo pelo qual ele acontece. No parto tradicional segue-se um procedimento em que após o rompimento da bolsa de água deve-se esperar até que se alcance ente 6 e 8 cm de dilatação. E durante esse tempo a mãe recebe injeções para aliviar a dor.

No parto humanizado a bolsa precisa estourar sozinha, apesar de haver casos em que o parto acontece sem a ruptura. Ele é feito na água, mas a real diferença é que ele possui um processo mais natural com a mãe sentindo as dores e sensações do processo sem intervenção médica. Para aderir ao parto humanizado a gestante tem que estar em excelente condição de saúde com uma gravidez saudável, grávida de um único bebê e ter feito todo pré-natal com resultado favorável.

Parto normal: O parto normal é realizado quando as condições estão adequadas. Pode ser utilizado medicamentos que aumentem a contração, criando mais facilidade de para dilatação. A grávida de permanecer em qualquer posição, mas a preferência é horizontal. Esse tipo de parto é, normalmente, realizado em hospitais.

Parto humanizado: Tem início de forma espontânea, sem o uso de medicamentos para dor ou indução do parto. A dilatação é mais longa e, embora, a dor possa ser mais intensa, a força utilizada pele grávida facilita e reduz o tempo do parto. Pode ser feito em qualquer posição, sendo mais favorável a vertical. Durante o processo são feitos massagens e banhos de imersão. Ele pode ser feito em um hospital, casas de parto ou em casa.

Respeitando a natureza

A preocupação do parto humanizado é o respeito da natureza, sentindo todas as sensações e dores que um parto sem anestésicos pode proporcionar. Isso permite que o bebê faça parte do processo ativamente, encontrando seu próprio local de passagem. O corpo, tanto da mãe quanto filho, age de forma espontânea e de acordo com modo que foram feitos, sem necessidade de manter o corpo em uma única posição.

Não são usados aparelhos para um monitoramento, uma interferência só acontece se algo sair errado durante o parto. Assim, como uso de injeções para aumentar ou diminuir a dor e a dilatação.

A tranquilidade da água

Os partos humanizados muitas vezes são feitos dentro d’água, pois é uma forma de manter o bebê tranquilo, tendo em vista que durante toda a gestação o bebê permanece no liquido da placenta.

A temperatura da água não deve ser quente nem fria, ela precisa estar morna durante todo o tempo para os músculos relaxarem e diminuir a dor e a ansiedade. Mas a gestante só deve entrar na água quando tiver pelo menos 5 centímetros de dilatação e contrações mais fortes.

Todo o processo precisa de um acompanhamento de uma pessoa adequada para auxiliar a mãe em qualquer situação.

A função da Doula no parto

Uma Doula é alguém que fica ao lado da mãe durante o processo, apoiando fisicamente e emocionalmente no parto e cuidados com o bebê. Uma Doula não precisa possuir uma formação na área da saúde, ela está ali para orientar, tranquilizar e oferecer informações durante todas as mudanças que vão acontecendo.

Como fazer um parto humanizado em um hospital?

Uma mulher que esteja interessada em fazer um parto humanizado, mas que que queira ter uma assistência rápida caso aconteça algum imprevisto, pode buscar por um parto humanizado feito em um hospital.

A maioria dos hospitais não oferecem a possibilidade de parto humanizado, não só por não terem estrutura, mas, também, por acharem esse método perigoso e arriscado. Muitos médicos não estão dispostos a passar por este tipo de situação. Isso leva gestantes a realizarem seus partos em casa sem o auxílio de um profissional da saúde.

Para isso, todo o pré-natal deve ser realizado em um hospital que ofereça essa possibilidade e ao longo da gestação deve ficar atestado que mãe e filho estão com plena saúde para, assim, o médico autorizar o parto humanizado.

Logo na primeira consulta é necessário pensar bem e deixar bem clara a opinião e desejos da gestante em relação ao parto. Com isso, ficará definido qual caminho tomar ao decorrer dos meses. Caso o obstetra, não esteja de acordo com o que você queira, opte por outro. A opinião da mãe é a mais importante.

Quando este tipo de parto é feito nos hospitais, sempre há auxílio de equipamentos e medicamentos, caso algum imprevisto aconteça e seja obrigatória uma intervenção.

Existe a possibilidade de realizar o parto humanizado por umaunidade pública de saúde?

Quando falamos da saúde pública no nosso país o resultado é sempre deprimente. No que se refere aos partos as coisas são as mais aterradoras possíveis.

Muitas mulheres que se consultam na rede pública, não tem seus desejos atendidos. Suas opiniões não são consideradas e, quando os bebês não nascem em corredores ou banheiros, os médicos, praticamente, forçam gestantes até não aguentarem mais, a fazerem um parto normal.

Os hospitais públicos não oferecem alternativa de parto humanizado. Na verdade, eles podem criar desagradáveis lembranças.

Leave a Reply