Opções caseiras para emagrecer

Opções caseiras para emagrecer
Rate this post

O mercado de emagrecimento sempre traz aos consumidores alguma pílula nova que garante diminuição do peso: além de muitas não funcionarem, elas podem fazer mal ao organismo e até viciar. Por isso, nada melhor que usar as opções caseiras para emagrecer: elas são mais baratas e, além de acabar com os quilinhos a mais, favorecerão a saúde.

Muitas das soluções naturais para emagrecer são chás ou então sucos e os ingredientes para eles são achados em farmácias, em supermercados, em lojas de produtos naturais ou nas feiras. Normalmente, essas opções caseiras são muito fáceis de serem feitas e cooperam para que níveis de colesterol, por exemplo, sejam baixados.

 

Alimentos essenciais para a perda de peso

 

Alguns alimentos precisam ser predominantes no cardápio de quem quer emagrecer e isso não significa uma dieta: na realidade, o que as pessoas têm de adotar é um novo hábito alimentar. O azeite, por exemplo, é uma forma maravilhosa de temperar, mas não se pode usar mais de 3 colheres de sopa diariamente. Além disso, fritar coisas com azeite não deixa a comida menos calórica: ele só é benéfico se usado cru.

Há dois motivos para o vinagre ajudar no emagrecimento: ele faz o metabolismo acelerar e oferece sensação de saciedade por causa do seu ácido acético. Outra substância interessante é chamada de amaranto e ela é bem semelhante à linhaça: ela tem alta quantidade de fibra e pode ser ingerida com diversos líquidos, como as sopas. Mais um alimento que tem bastante fibras e que precisa ser parte da alimentação é a semente de girassol.

 

Suco verde

Também é apelidado de suco detox: devido às muitas substâncias naturais misturadas, tende a fazer com que o corpo se desintoxique e é bom para eliminar gorduras. Algumas das coisas com as quais se pode fazer o suco verde são gengibre, maçã, água de coco, pepino, couve, água comum, laranja e espinafre: deve-se colocar tudo no liquidificador e consumir sem coar, além de não colocar açúcar.

 

Chá de amaranto

Além de usar o amaranto como cobertura em bolos, no suco e em outros líquidos, é possível fazer chá. Porém, os seus grãos precisam ser deixados na água por 24 horas e, depois desse tempo, ele é cozido com canela, cravo e açúcar mascavo. Espera-se por 24 horas e essa mistura tem de ser fervida com um litro de água até que se torne grossa. Depois, é só tomar o chá de amaranto gelado.

 

Água de berinjela

Coloca-se a berinjela cortada de molho em um pouco de água e acrescenta-se suco de dois limões. É preciso esperar 12 horas para tomar essa mistura e é indicado fazer isso em jejum; destaca-se que a berinjela tem minerais, vitaminas, antioxidantes e fibras, ou seja, ela favorece muito o equilíbrio do corpo.

 

Chá de folha de amora

 

A medida é uma xícara de água e o chá usa folhas secas de chá verde (uma colher) e folhas secas de amora, na mesma proporção. É preciso tomar o chá antes das refeições e ele faz com que o corpo desinche por causa do seu potencial diurético. Por isso, ele é ótimo para as pessoas que retêm muito líquido ou que estão em períodos específicos do mês, como próximo à menstruação. Quando se come muitas coisas salgadas, também vale recorrer ao chá de folha de amora.

 

Chá de sene

Usa-se 250ml de água e meia colher de folhas secas de sene. O potencial desse chá é intestinal, servindo como laxante e auxiliando quem tem prisão de ventre. Porém, o melhor é não passar de duas xícaras diárias para evitar diarreias.

 

Como potencializar essas opções caseiras para emagrecer

 

Todas essas receitas caseiras só funcionarão se houver controle alimentar. Não adianta utilizar três colheres de azeite diárias, mas exagerar em frituras; também não adianta tomar a água de berinjela e abusar dos doces. Não é necessário cortar completamente nenhum alimento: aliás, isso é desaconselhado pelos médicos. Entretanto, é vital que tudo seja ingerido com consciência e em pequenas quantidades.

Beber muita água é mais um passo para reduzir peso: a água mantém o metabolismo e também faz com que mais urina seja feita e, na sua eliminação, várias toxinas também vão embora.

Os exercícios físicos não podem ser esquecidos e devem ser regulares: fazer academia ou caminhar três vezes na semana é fundamental para a queima de gordura. Existem muitos treinos para fazer em casa e as pessoas podem se valer deles, com o cuidado de não fazer movimentos que machuquem sua coluna. O ideal é que esses treinos sejam fornecidos por uma fonte segura.

Principais problemas decorrentes do sobrepeso

 

Apesar de um número alto de pessoas desejar emagrecer por causas estéticas, é importante recordar que várias doenças podem ser decorrentes do sobrepeso, como a osteoporose: o grande peso nas articulações causa inflamações e desgaste, podendo comprometer a locomoção a longo prazo.

O aumento da pressão arterial é outra consequência do sobrepeso e abre portas para muitas ocorrências sérias, como o acidente vascular cerebral (AVC). Quem está acima do peso pode sofrer com problemas intestinais e ter colesterol alto, o que também favorece o AVC e o quadro de infarto.

Há doenças crônicas que podem ser adquiridas devido ao sobrepeso, como a diabetes. Os desdobramentos dela podem chegar à cegueira ou à perda de membros, tornando necessário controle medicamentoso e também mudança alimentar. Até mesmo certos tipos de cânceres são mais propícios quando há sobrepeso.

Importa destacar que o envelhecimento se torna acelerado por causa do peso: uma das razões é o excesso de pele e até mesmo a autoestima afetada. Muitas pessoas ficam deprimidas quando percebem que estão pesando mais do que deveriam e, enquanto algumas procuram o emagrecimento, outras acabam engordando ainda mais e deixando de se cuidar.

Um problema de saúde que pode acometer quem tem sobrepeso é a gordura no fígado: se ela não for bem cuidada, há a chance de falência hepática e de óbito. Por isso, vale a pena usar as opções caseiras para emagrecer.

Leave a Reply