Planos de saúde da Unimed, como escolher

Planos de saúde da Unimed, como escolher
Rate this post

A Unimed é uma das maiores empresas de plano de saúde no Brasil, com mais de 18 milhões de beneficiários. A cooperativa tem cerca de 40 anos de existência e de atuação, na área de prestação de serviços de planos de saúde.

Conhecendo os planos de saúde da Unimed

Na Unimed, você pode escolher um plano que mais tem a ver com a sua necessidade, e o valor que está disposto a pagar por ele.

-Plano Flex:nesse tipo de plano, o beneficiário paga um valor fixo por mês, e uma taxa extra para consultas, exames, internação e atendimentos ambulatoriais, 24 horas por dia para quem usa o plano flex.

Existem dois tipos de cobertura neste plano, a ambulatorial (não inclusa a internação, nem procedimentos de obstetrícia), e a completa que inclui a internação, obstetrícia e hospitalar.

A carência para o uso do plano para procedimentos complexos é de 180 dias, 30 dias para os exames básicos, e 24 horas para emergência e urgência.

-Unimax: no plano Unimax, o beneficiário paga uma mensalidade pré-fixada, e pode ter acesso a vários serviços de saúde como escolher entre a enfermaria ou apartamento, no caso de internação (até mesmo em CTI) e possui cobertura obstetrícia, sem carência ou taxas extras.

Os serviços que estão inclusos neste plano, são: as despesas com os honorários médicos, exames extras, medicação e alimentação (durante a internação do paciente), quimioterapia, hemodiálise, fisioterapia e transplantes de qualquer natureza.

-Pleno: este é o tipo de plano mais completo de toda a rede Unimed, pois oferece cobertura total aos seus beneficiários, incluindo individualidade no tempo de duração de cada consulta.

Além dessas vantagens, o plano Pleno cobre atendimento em qualquer rede Unimed fora da sua cidade, e uso de carro ou helicóptero para transporte em caso de emergência ou urgência.

-Unibaby:todas as consultas e exames, pertinentes ao bebê em seus primeiros meses de vida, são cobertos por esse plano, sem a cobrança de taxas ou valores extras.

Valores médios dos planos da Unimed

Os preços dos planos de saúde oferecidos pela Unimed, podem variar de acordo com a idade, cidade onde mora e quantidade de pessoasque vão ser acrescentadas no seguro.

Uma simulação feita pela Unimed de Belo Horizonte, mostra os valores médios a serem pagos pelo beneficiário à cooperativa de saúde, para planos familiares ou individuais, na modalidade Uniflex:

-Cidadãos até 18 anos de idade:Enfermaria 254,30 reais; Apartamento: 365,28 reais;

-De 19 a 23 anos de idade:Enfermaria 254,30 reais; Apartamento: 365,28 reais;

-De 24 a 28 anos de idade:Enfermaria 291,58 reais; Apartamento: 418,94 reais;

-De 29 a 33 anos de idade:Enfermaria 343,45 reais; Apartamento: 493,30 reais;

-De 34 a 38 anos de idade:Enfermaria 352,25 reais; Apartamento: 506,23 reais;

-De 39 a 43 anos de idade:Enfermaria 393,45 reais; Apartamento: 565,66 reais;

-De 44 a 48 anos de idade:Enfermaria 461,25 reais; Apartamento: 662,95 reais;

-De 49 a 53 anos de idade:Enfermaria 469,00 reais; Apartamento: 689,00 reais;

-De 54 a 58 anos de idade:Enfermaria 512,21 reais. Apartamento: 736,41 reais;

-Acima de 59 anos de idade:Enfermaria 836,66 reais; Apartamento: 1.202,11 reais.

A dúvida que paira na cabeça de muitos brasileiros, é: preciso mesmo pagar por um plano de saúde?Realmente compensa?A resposta para essa pergunta, depende do estilo de vida e necessidade de cada pessoa.

Para aqueles que não possuem nenhum problema de saúde, e que vão ao médico somente para realização de exames de rotina, é recomendado que seja feito um plano ambulatorial básico, que pode atender muito bem, com taxas baixas e valor de contratação mensal menor.

O fator idade, também conta muito, pois, quanto maior ela for, mais caro ficará o plano por mês, independentemente se vai contratar o mais básico ou o completo.

Quando se trata de saúde, muitas pessoas não se importam em investir um determinado valor, para se ter um conforto na hora que precisarem usar em casos de emergência.

No Brasil, infelizmente, o Sistema Único de Saúde (SUS) não consegue dar conta do volume de pessoas que necessitam de atendimentos nos hospitais.

Algumas esperam anos, meses, dias e horas, para serem atendidos pelos médicos, devido as filas intermináveis nos grandes centros. Por isso, pagar por um serviço de saúde digno, é o objetivo de milhares de pessoas no país.

Os valores pagos em planos de saúde, podem ser pesados no bolso de quem investe, mas, a longo prazo, o maior bem que se pode preservar é a saúde, e esta tem que ser tratada como prioridade e incluída no planejamento mensal de todas as pessoas.

A verdade é que os tratamentos médicos, hospitalares, internações, procedimentos e medicações, podem ser muito caros. Arcar com esses custos de última hora, e praticamente sem ter planejado, pode ser muito arriscado.

Deixar para pensar em um seguro de saúde, quando já estiver doente não é uma boa ideia, pois pode atrasar o diagnóstico correto de muitas doenças, bem como o seu tratamento adequado. O brasileiro deve começar a cultivar a cultura da prevenção de saúde, desde cedo.

Os cuidados com o bebê, com as crianças, com adolescentes, jovens, adultos e idosos, devem ser intensificados à medida que o tempo passa, pois é melhor prevenir uma doença, do que remediá-la depois.

Se os preços médios dos planos de saúde, estiverem muito fora do orçamento, pode-se pegar a proposta, e levá-la a outras operadoras de prestação de serviços médicos, comparando as opções, discutindo com os familiares, para só depois contratar a melhor alternativa.

Muitas empresas já oferecem plano de saúde para os seus funcionários, cobrando uma taxa mínima descontada na folha de pagamento, com direito a inclusão de beneficiários (pais, filhos e cônjuge).

Portanto, vale a pena contratar um plano de saúde, mesmo que não use todo mês, garantindo que a saúde seja preservada, planejada e devidamente cuidada a tempo.

O mesmo pode ser aplicado para quem gosta de academia, praticar esportes, fazer natação, yoga, zumba e toda forma de cuidar da saúde.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Leave a Reply