Priligy dapoxetina: Saiba se realmente acaba com ejaculação precoce?

Priligy dapoxetina: Saiba se realmente acaba com ejaculação precoce?
Rate this post

A ejaculação precoce é uma das maiores preocupações do homem. Existem diferentes campanhas para aumentar a conscientização sobre esse problema que raramente tem uma origem física. Hoje existem diferentes terapias e medicamentos que ajuda neste problema e entre eles está o Priligy. O que é, para que serve e quais são os efeitos colaterais desta pílula que combate a ejaculação precoce descubra aqui.

O que é Priligy?

É um medicamento que chegou ao mercado em 2009, com o objetivo de tratar a ejaculação precoce, ou seja, a ejaculação que ocorre quase no momento da penetração. O princípio ativo é a dapoxetina e só pode ser adquirido se tiver sido prescrito por um médico.

Ficou provado que os homens que usam Priligy, experimentam maior satisfação quando se trata de sexo, algo que, sem dúvida, também resulta na boa saúde de um casal, dando maior estabilidade ao relacionamento. Talvez seja por isso que é um dos medicamentos mais solicitados, porque tem efeitos praticamente imediatos.

Dosagem do Priligy

A forma de apresentação deste medicamento é em comprimidos, estes são apresentados em doses de 30 mg a 60 mg. Os efeitos começam a partir de 3 horas após a ingestão, sendo recomendável, se for a primeira vez que tomar, começar com a dose mais baixa, 30 mg e, se necessário, aumentar a dose desde que tenha sido prescrita por um médico autorizado.

A venda deste remédio acontece da seguinte maneira:

Caixa contendo 1, 3, 6 ou 18 cápsulas (30 mg).

Caixa contendo 3, 6 ou 18 cápsulas (60 mg).

Lembrando que a dose recomendada é de 30 mg de uma a três horas antes de fazer sexo. A dose não deve ser aumentada sem a opinião prévia do médico. Nenhum dos dois deve ser administrado em pessoas com hipotensão na dose de 30 mg.

Em adolescentes com menos de 18 anos de idade por via oral: a eficácia e a segurança não foram experimentadas.

Um aumento na dose de 60 mg pode ser usado para manter a ejaculação, no entanto, como sempre se recomenda, a aguardar deve ser realizada sob a supervisão rigorosa do médico especialista.

Com a ação do Viagra, o aumento significativo da ação é garantido, pois há uma elevação do fluxo sanguíneo para o órgão sexual do homem. Da mesma forma, o uso dessa medicação combinada (dapoxetina e sildenafila) causa um efeito importante em termos de duração e funcionamento nas relações sexuais.

Priligy: como funciona?

Estudos sobre este remédio, mostram que as pessoas que tomaram Priligy, notaram melhorias importantes em termos de ejaculação precoce, tendo relações muito mais agradáveis

Seu principal componente é a Dapoxetina, um potente inibidor da serotonina, que age seletivamente na recaptação da serotonina.

A maneira de agir da Dapoxetina é muito semelhante à maneira que agem as medicações antidepressivas e por isso, também tem contraindicações que serão apresentadas mais a frente. É importante que o médico seja notificado se você estiver tomando algum tipo de antidepressivo.

Como tomar Priligy?

A maneira de tomar Priligy é uma dose que não deve ser repetida antes de 24 horas. Este medicamento é muito bem tolerado e não é necessário ter comido qualquer alimento anterior, ou usar qualquer protetor de estômago. Você nunca deve misturar Priligy com álcool.

Priligy trabalha contra a ejaculação precoce?

De acordo com diferentes estudos e pesquisas realizados em que metade dos homens receberam um placebo e a outra metade recebeu Priligy, observou-se os seguintes resultados:

Os homens que tomaram o placebo, ou seja, sem qualquer efeito farmacológico, atrasaram a ejaculação, enquanto os homens que receberam Priligy tiveram um atraso na ejaculação superior.

Os resultados mostram que a diferença entre tomar Priligy ou não, é média. Se estudar o nível de satisfação, um terço dos homens que tomaram Priligy notaram efeitos positivos em um nível moderado.

Em vista de todos esses estudos e ensaios, mas há os efeitos colaterais que esse medicamento pode causar. Será a decisão do médico e do paciente se vale a pena ou não, assumir certos riscos prolongando a ejaculação por um pouco mais de tempo.

Efeitos colaterais do Priligy

Em alguns casos, o Priligy também pode estar associado a:

Vômito e náusea

Tontura

Dores de cabeça

Falta de sono

Ansiedade

Falta de apetite sexual

Visão distorcida

Boca seca

Pesadelos

Contraindicações do Priligy

Antes de tomar este medicamento e tendo em conta o que já descrito sobre como agir inibindo a serotonina, é aconselhável que o médico realize um exame do paciente para garantir que é capaz de tomar esse remédio sem problemas.

Entre os riscos mais frequentes está o sofrimento das síncopes, isto é, o desmaio com a perda de consciência causada pela queda súbita da pressão arterial. Por esta razão, não é indicado em casos de sofrer de várias doenças cardíacas, especialmente porque a medicação provoca maior velocidade no sangue.

Também não é indicado em pessoas que sofrem de doenças renais, insuficiência hepática ou qualquer distúrbio psicológico, como bipolaridade ou depressão.

Na maioria das vezes a origem da ejaculação precoce é devido a problemas psicológicos e não a problemas físicos. Esse distúrbio pode ser causado por estresse, ansiedade, muita excitação ou um excesso anterior.

Priligy tem em sua composição traços de lactose, por isso não deve ser tomado por pessoas que tenham intolerância, falta de lactase ou problemas na absorção de açúcar.

Além disso, não é recomendado usar o Priligy se tem:

– Hipersensibilidade, se tiver alergia ou hipersensibilidade à dapoxetina ou a qualquer outro componente do medicamento, Priligy não é indicado.

– Insuficiência renal grave ou pacientes em diálise. Não há dados sobre sua segurança e eficácia.

– Insuficiência hepática moderada a grave (classe B e C de Child-Pugh). Não há dados sobre a segurança e eficácia.

– Epilepsia. Não é recomendado em caso de surtos de epilepsia, uma vez que Priligy pode aumentar o risco de um surto de convulsões.

– Tratamento com antidepressivos é completamente contraindicado

– Cardiopatias sérias, o risco de sofrer uma síncope que pode levar a outros danos importantes, como doenças cardiovasculares, é aumentado.

O artigo vai acabando por aqui mas se você quiser saber sobre um produto que acaba com ejaculação precoce é só clicar aqui

Leave a Reply