Sonambulismo: Tratamento, causas, consequências e mais

Sonambulismo: Tratamento, causas, consequências e mais
Rate this post

Talvez você tenha um parente ou amigo, que quando criança mudou muito durante a noite. Ele começou a levantar da cama, passear pelo quarto, e talvez também fora dele, enquanto todo mundo dormia. Os filmes mostram como alguém que anda pela casa com os olhos fechados e os braços estendidos, mas o que é realmente sonambulismo?

O que é sonambulismo?

O Sonambulismo é um distúrbio do sono que se enquadra no grupo de parassonias, em que as mudanças ocorrem durante o sono, mas que não conseguem alterar o resto normal da pessoa, ela não acordar a qualquer momento.

Geralmente ocorre durante a fase não-REM, no primeiro terço da noite, entre o sono e a vigília, ou seja, cerca de três quartos de hora após a pessoa ter deitado.

Durante o episódio de sonambulismo a pessoa pode ficar na cama, e em alguns casos vai se levantar e passear em torno de seu quarto ou casa, tudo isso sem acordar, ou estar ciente do que acontece e que, mesmo se tiver os olhos abertos. Não existe uma regra sobre o número de situações que podem ocorrer durante a noite ou a semana, já que varia muito entre uma pessoa e outra.

Normalmente pode durar de alguns segundos a apenas dez minutos decorridos e a pessoa retorna à cama como se nada tivesse acontecido, mas às vezes podem se perder e estar em algum canto que não conhecem; em qualquer caso, no dia seguinte eles não se lembram de nada do que aconteceu durante a noite.

Embora não existe um perfil típico de pessoas afetadas por esta doença, se observa que ela afeta principalmente os homens, mais frequentemente aparecem naturalmente, em idades precoces 4 aos 13 anos, desaparecendo com o tempo na maioria os casos.

Da mesma forma que devido a causas associadas ao estresse e ao consumo de certas substâncias, também pode ocorrer em adultos.

Causas do sonambulismo

Ainda não há consenso sobre o motivo pelo qual isso ocorre, nem como ele eventualmente desaparece. As causas geralmente apresentadas:

– trata-se de um elemento que ocorre como parte do processo de maturação do sistema nervoso central.

– É um estado induzido por uma situação de estresse fisiológico ou psicológico, porque quando o estresse que o causa é reduzido, o sonambulismo desaparece por si mesmo.

– hereditariedade

– Idade

– Ansiedade

– Fadiga

– Falta de sono

– Em adultos é mais frequente após a ingestão de certos medicamentos, álcool, sedativos e outras substâncias psicoativas.

– Condições médicas e alguns distúrbios mentais.

Sintomas do Sonambulismo

Há uma série de sintomas e manifestações que podem indicar que em uma pessoa que tenha sonambulismo, tais como:

– Sentar na cama como se você fosse se levantar.

– Realizar o ato de se vestir sem ter roupas para vestir, por exemplo, os botões ou cadarços de um suposto sapato são apertados.

– Pentear, mesmo sem um pente e outros comportamentos de higiene semelhantes.

– Vagar pela sala ou casa, com um andar relativamente incerto e inseguro.

– Manter olhos abertos, apesar de não estar consciente do que vê, sendo capaz de tropeçar em objetos fora do lugar.

– É receptivo a som, podendo assustar em caso de um barulho sério.

– Ele pode falar bobagens e até responder de maneira simples e superficial.

– Apresenta uma aparência calma e relaxada, embora às vezes possa gesticular mostrando admiração ou surpresa.

– Pode desenvolver alguma atividade simples, que já automatizou, como ir à geladeira para pegar algo ou ir ao serviço.

– É difícil tirar a pessoa deste estado, acordar e, se acontecer, ela mostrará confusão e desorientação por um curto período de tempo.

– Raramente exibe um comportamento agressivo, mesmo quando se acorda abruptamente.

– Nos adultos, nos casos mais raros de sonambulismo, eles até dirigem seu veículo pela vizinhança ou por um local conhecido como o trabalho.

– Embora a coisa mais espetacular em um sonâmbulo seja que a pessoa se levanta, na maioria dos casos apenas se senta na cama, antes de voltar para a cama, tudo sem acordar a qualquer momento ou lembrar o que aconteceu no dia seguinte.

Normalmente estas atividades não acarretam qualquer tipo de perigo, para a pessoa ou para quem vive com ela, pois são atividades repetitivas da vida cotidiana.

Tratamento do sonambulismo

A primeira coisa a considerar no tratamento de um sonâmbulo é que a pessoa não está ciente do que acontece durante o período de sonambulismo, ele não pode ser interagir naquele momento. Às vezes, com uma indicação simples como Vá para a cama ou Você terminou o que estava fazendo, basta para fazer o sonambulo voltar a dormir na cama.

Com relação ao uso de medicamentos, não há tratamento específico para o sonambulismo, mas quando ele é apresentado juntamente com outras patologias que requerem, um tranquilizante pode ser administrado para ajudar a pessoa dormir.

Apesar disso, uma série de técnicas psicológicas pode ser aplicada para ajudar a atenuar o estresse antes do sono e, assim, reduzir a possibilidade de episódios de insônia, usando ferramentas como as seguintes:

– Técnicas de controle de estresse, que incluem exercícios de relaxamento e visualização de imagens positivas.

– Solicitar quando a pessoa afetada pelo sonambulismo retorna da aula direto para casa ou durante o jantar, para que a criança possa expressar não apenas suas experiências do dia, mas também suas preocupações.

– Manter um horário regular para ir para a cama.

– Deixa a luz acesa ou a porta do quarto entreaberta, se isso der mais confiança à criança, para que ele possa dormir em paz.

Conselhos para prevenir o aparecimento de sonambulismo

Técnicas psicológicas podem ser aplicadas como medidas:

– Evite jantares muito tardios.

– Tentar não assistir a nenhum programa de televisão ou realizar jogos estimulantes, que ativam mentalmente a pessoa.

– Não fazer exercícios físicos de duas a três horas antes de ir dormir.

– Tomar banho antes de dormir, como forma de descansar o corpo.

– Ler um pouco, mesmo na cama.

– Evite raiva, brigas e discussões antes de ir para a cama, porque isso pode estar ecoando na cabeça a noite toda.

– Tente ter tudo preparado, em termos de roupas, deveres ou trabalho que para o dia seguinte.

– Antes de dormir, evite a ingestão de álcool ou outras substâncias que alterem as funções cognitivas.

É isso gente, o artigo termina por aqui mas se você quiser voltar para pagina inicial é só clicar no link. Beijos

Leave a Reply