Tudo sobre o ômega 3

Tudo sobre o ômega 3
5 (100%) 8 votes

Algumas gorduras são essenciais para o bom funcionamento de nosso organismo, já que elas fornecem a ele os elementos necessários para executar tarefas complexas. Algumas delas nosso corpo é capaz de fabricar.

Já outras são obtidas apenas com a ingestão de determinados alimentos, caso do ômega 3. Considerada a “gordura boa”, o ômega 3 é obtido apenas com a ingestão, por exemplo, de peixes de águas fundas.

Essencial para o bom funcionamento do corpo, o ômega 3 protege o corpo de doenças e inflamações, além de limpar estruturas importantes, como veias e artérias.

Você, obviamente, já deve ter escutado falar no ômega 3. Mas você conhece todo o seu potencial? Sabe o que essa gordura do bem pode fazer pelo seu corpo? Não? Então esse texto é para você.

Aqui contaremos tudo o que é preciso saber sobre o ômega 3 e porque ele deve fazer parte de sua vida agora mesmo.

O que é o ômega 3?

O ômega 3 é uma gordura poli-insaturada, cuja ingestão traz inúmeros benefícios ao corpo. Essa substâncias faz parte do grupo dos ácidos graxos, e se divide em três tipos diferentes: o ALA (ácido alfa-linolênico), o EPA (ácido eicosapentaenoico) e o DHA (ácido docosa-hexaenoico).

Para que serve o ômega 3?

Como dissemos um pouco acima, o ômega 3 é essencial para o bom funcionamento de seu corpo. Para que você tenha uma ideia da importância desse componente, ele é fundamental para auxiliar no trabalho dos receptores que estão na parte externa das células.

O ácido graxo que é o ômega 3 ajuda a produzir os hormônios que controlam a contração e o relaxamento das paredes das artérias e respondem, também, por questões ligadas ao metabolismo, coagulação e processos inflamatórios.

Benefícios do ômega 3?

Quando pensamos no ômega 3, a primeira coisa que vem à nossa mente é sua capacidade de proteger o coração de enfartos, ao controlar o nível de colesterol no sangue e ajudar a dissolver as placas de gordura das artérias, não é mesmo?

Mas, você sabia que essa gordura poli-insaturada tem outros benefícios que nem todo mundo conhece? Veja quais são esses logo abaixo.

Ajuda na perda de peso

Um benefício desconhecido do ômega 3 é a sua capacidade de ajudar na perda de peso. Isso acontece porque esse ácido graxo ajuda no combate a processos inflamatórios, e esses eventos podem desequilibrar o controle da fome e da saciedade.

Esses processos inflamatórios podem, ainda, aumentar a resistência do corpo à ação da insulina, criando novos depósitos de gordura no corpo graças ao excesso de açúcar no sangue, e favorece a retenção de líquidos.

Quando consumimos muitos alimentos ricos em ômega 3 ou utilizamos suplementos ricos no composto, ajudamos a controlar esses processos inflamatórios, permitindo que o corpo funcione muito melhor.

Além disso, as gorduras boas são digeridas lentamente pelo corpo, dando uma sensação maior de saciedade.

Controla o diabetes

Consumir ômega 3 regularmente ajuda a equilibrar os níveis de glicose no organismo, já que esse composto reduz a quantidade de insulina liberada no organismo, reduzindo também o açúcar existente no organismo.

Essa quantidade é menor também quando o indivíduo está em jejum, evitando os picos glicêmicos que podem dar aquela fome a mais ou desestabilizar a taxa de glicemia dos portadores de diabetes.

Acelera o metabolismo

As gorduras boas que compõem o ômega 3 estimula a queima de gordura, pois acelera o metabolismo, fazendo com que o corpo utilize mais energia para realizar seus processos vitais.

Previne o aparecimento do câncer

Os ácidos graxos presentes no ômega 3 previnem o aparecimento de alguns tipos de câncer, como o de mama, de próstata e de intestino. Essa gordura boa pode, ainda, impedir que a doença, caso já tenha se instalado, evolua para um quadro de metástase e infecte outras partes do corpo.

Tem ação anti-inflamatória

O ômega 3 ajuda a impedir o aparecimento de diversos processos inflamatórios, como aqueles que ocorrem nas articulações, ocasionando problemas como a artrite reumatoide e prevenindo outras doenças, como o lúpus, a psoríase e a doença de Crohn, caracterizada por uma inflamação no intestino.

Evita a depressão

O ômega 3 é eficaz também no combate à depressão, graças a ação de ácidos graxos que mantém os níveis da dopamina estáveis, além de estimular o crescimento dos neurônios no córtex frontal e melhorar o fluxo sanguíneo no cérebro.

Além disso, o consumo regular de ômega 3 potencializa o efeito dos antidepressivos tradicionais, melhorando inclusive os sintomas do transtorno bipolar.

Melhora a função cognitiva

Consumir ômega 3 regularmente melhora a função cognitiva, mantendo o funcionamento do cérebro a pleno vapor e prevenindo, também, o risco do desenvolvimento de doenças degenerativas, como o mal de Parkinson, a doença de Alzheimer, a esclerose múltipla e, ainda, o aparecimento de dificuldades de aprendizagem.

Regula a pressão arterial

Ao limpar as artérias das placas de gordura, o ômega 3 ajuda, ainda, a prevenir o risco de hipertensão arterial, já que afasta por completo o excesso de pressão sobre veias e artérias. É esse aumento de pressão que faz o coração bater mais forte e, assim, descontrolar esses valores.

Protege a retina

O ômega 3 é excelente para a saúde dos olhos. Seus compostos protegem a retina, prevenindo doenças e lesões que poderiam levar à perda da visão.

Como obter o ômega 3?

O ômega 3 é uma das gorduras boas que não é produzida por nosso corpo. Para conseguir essa substância, devemos ingerir alguns alimentos que contém boas quantidades do composto em sua composição.

Por exemplo, podemos obter o ômega 3 ingerindo peixes de água fria (arenque, sardinha, salmão, atum, bacalhau, linguado e pescadinha), oleaginosas (nozes, pistache, avelãs e amêndoas), arroz selvagem, óleo de canola, semente de chia, linhaça, camarão e couve.

No entanto, existem outras opções para quem não pode ou não tem uma alimentação assim tão rica. Para essas pessoas foi criado o suplemento de ômega 3. Essas cápsulas gelatinosas contém a quantidade certa de ômega 3 que seu corpo precisa e devem ser ingeridas diariamente, de acordo com a prescrição correta.

 

 

Leave a Reply