? Antidepressivo Engorda ou Emagrece? ?

Rate this post

Recentemente você descobriu que aquela tristeza contínua que vinha sentindo nada mais é do que uma depressão? Você foi diagnosticada como ansiosa e por isso seu terapeuta indicou um medicamento que você terá que tomar para te ajudar a controlar as suas crises de ansiedade? Está com medo de engordar? Está com medo dos efeitos colaterais? Leia este agora e entenda tudo o que você precisa neste momento.

Antidepressivo engorda?

Essa é uma pergunta muito relativa. Existem pessoas que ao tomar um antidepressivo ou ansiolítico, emagrecem enquanto que outras, que fazem uso do mesmo medicamento, engordam. Contudo, é possível afirmar que o antidepressivo ocasiona um aumento considerável de apetite em alguns e esta é apenas uma consequência de efeito colateral, mas não é regra. Através de uma coleta de dados de 20 mil adultos que estavam em algum tratamento com antidepressivos durante um ano, identificaram que o aumento de peso estava relacionado ao consumo de antidepressivos. Estes mesmos pesquisadores descobriram que todos os pacientes que ingeriam um remédio chamado citalopram (Celexa), tem um efeito Inibidor Seletivo de Recaptação de Serotonina (ISRS) e a consequência disto é que estas pessoas que eram seus pacientes, tiveram um aumento de peso de mais de 1,2 kg.

O que fazer caso eu comece a engordar?

Você percebeu que os seus problemas de tristeza, na verdade eram a depressão. E então foi ao médico e ele te receitou que você passasse a tomar medicamentos controlados. Logo na primeira semana de uso, você percebe que engordou e claro, relaciona isso ao novo hábito. O que fazer agora? Antes de mais nada é preciso encontrar com o médico e ser totalmente honesto com o profissional. Falando abertamente sobre o seu súbito aumento de peso, e se você engordou muito e em pouco tempo, é realmente importante falar. A função dele é adequar o medicamento ao seu corpo e não importa que ele tenha que tentar mais de uma vez.

Toda medicação, indiferente para que seja, oferece efeitos colaterais. E a verdade é que você não deve deixar que os efeitos colaterais sejam um impeditivo para que você pare com seu tratamento. Será importante que você continue indo ao médico, frequentando suas sessões de terapia e se encontrando neste novo tempo da sua vida.

Pode acontecer de você se sentir insegura com o profissional que está te acompanhando, e tudo bem. Você pode procurar ajuda de outro profissional, nem que seja apenas para ter uma segunda opinião sobre o assunto. Tire todas as suas dúvidas, se precisar escreva cada uma delas, mas  não interrompa o tratamento sem que seu médico te oriente a isso. As consequências deste rompimento podem ser devastadoras, se não forem feitas da forma correta.

Veja aqui: Quais são os sintomas de depressão pós parto?

Posso tomar remédios para emagrecer enquanto faço uso de antidepressivo?

A resposta direta e simples e que zela pelo bem da sua saúde é: não. Nunca misture medicações que mexem com o seu cérebro, com a produção de serotonina, ou ainda com a inibição de apetite. Você precisa ir com calma nisso, pois se misturar a medicação os efeitos colaterais serão potencializados de forma negativa. E em alguns casos, você não conseguirá reverter o quadro.

Então, se você não for médico, não faça uma mistura de medicamentos dessa forma. Você está engordando por um período de tempo, e isso não será para sempre. E se eventualmente você entender que o seu corpo está fora de controle, não tente se ajudar desta forma. Conversar com seu médico é o que você pode fazer de melhor para que não venha sofrer consequências piores.

O que fazer para evitar engordar enquanto faço um tratamento com remédio controlado?

As recomendações para emagrecer são basicamente as mesmas para você, como para quem não faz uso de antidepressivo.  Não há muito segredo para nisso. Para cuidar do seu peso, você precisará:

  • Tomar muita água;
  • Criar uma rotina de exercícios diários;
  • Consultar uma nutricionista que te orientará sobre como se alimentar para que emagreça sem sofrer;
  • Troque as besteirinhas da alimentação por alimentos que contribuam para diminuir o seu peso, nunca para aumentar;
  • Comer mais legumes, frutas, legumes e verduras.

É importante lembrar que os antidepressivos engordam por conta de aumentar o apetite, então use isso a seu favor: alimente-se de coisas que te ajudem a emagrecer, alimente-se do que te faz bem. É muito importante que você continue lutando contra a depressão, pois isso compromete diversos aspectos da sua vida. Não vai te adiantar ser magro e triste não é mesmo?

Seja paciente com você mesmo. Isso te ajudará a se encontrar de novo nos caminhos da sua vida. E você poderá recomeçar sempre que precisar. Você é único! Lembre-se disso e corra atrás do que quer!

Para voltar ao inicio, clique aqui.

Leave a Reply

DMCA.com Protection Status  

Sobre Nós | Politica de Cookies | Politica de Privacidade | Isenção Médica e Política de Uso | Contato | Mapa do Site