🥇 Celulite Infecciosa – O Que é, Tratamento, Causas e Sintomas 🤔

Imagine que a celulite como a conhecemos já é um verdadeiro problema para todas as mulheres. Agora, e se ela puder ser infecciosa? Fica um pouquinho pior, não é mesmo? E este mal que ataca principalmente o público feminino, e a celulite infecciosa é bem pior que a celulite normal. Isto porque, quando ela não é diagnosticada corretamente, é muito perigosa e inclusive pode levar a óbito.

É bem provável que, você assim como eu, nunca tenha ouvido falar sobre celulite infecciosa. Ela não é muito conhecida, e justamente nisso que mora o perigo. Por desconhecerem, as pessoas não conseguem identificar a doença logo quando ela se manifesta. E muitas vezes, confundem a infeccção com qualquer outro tipo de alergia, levando a automedicação e o que pode conduzir a um processo sem volta. É por essas e outras que você deve ler este artigo até o final para saber do que se trata a celulite infecciosa, como você está exposto a ela, quais são os sintomas e se existe cura. Vamos lá?

O que é a celulite infecciosa?

Ela provém de uma infecção bacteriana e é capaz de afetar as camadas profundas da pele. Ela pode acontecer também por conta dos hemófilos, pseudômonas (que costumam aparecer em idosos) ou até por fungos, mas essas causas são mais raras. Por ser o maior órgão do corpo humano, a pele é dividida em três partes: epiderme, derme e hipoderme. E quando falamos de celulite infecciosa, ela é capaz de atravessar a primeira camada de pele, que é a derme, e se instalar nos tecidos subcutâneos, ou seja: dentro da parte debaixo da pele. Sendo que os causadores deste tipo de infecção são as bactérias estafilococos e estreptococo.

Quais são as causas da celulite infecciosa?

Basicamente, ela aparece quando existe qualquer qualquer abertura na pele, seja por conta de uma ferida, uma picada de inseto, rachadura, unha encravada, acne ou qualquer outra abertura. Essa bactéria se infiltra neste buraco, que é a principal porta de entrada e então se espalha, causando a infecção. Ela pode aparecer nas pernas e pés, e são realmente comuns em países de alta temperatura, como o Brasil.

Pessoas com sistema imunológico debilitado estão mais desprotegidas contra a bactéria que causa a celulite infecciosa. Quando sofremos de retenção de líquidos em algumas partes do corpo, acabamos contribuindo para a infecção começar por toda parte. Isso pode ser um canal transmissor, pois as toxinas que causam a retenção ajudam a bactéria a se instalar com mais facilidade. Existem outros pontos que podem favorecer a infeccção como: puberdade, a hereditariedade, o sexo, o biótipo corporal, alimentação inadequada, sedentarismo, remédios, gravidez e estresse são alguns deles.

Por isto, para que você não seja surpreendido por essa doença, precisa tomar alguns cuidados!

Quais são os Sintomas da celulite infecciosa?

Alguns dos sintomas de celulite infecciosa são:

  • Bolhas dolorosas na região afetada;
  • Necrose da região;
  • Dores no corpo;
  • Febre;
  • Calor na região;
  • Macha vermelha ardente;
  • Inchaço constante;
  • Inflamação na língua;
  • Vômitos;
  • Respiração acelerada;
  • Desorientação/confusão.

Apenas através de exames detalhados solicitados por um médico será possível diagnosticar o grauda celulite infecciosa ou ainda saber se é o caso de tratar outra doença semelhante. É comum fazerem uma retirada de pele do local para analisar em laboratório e chegar a conclusão final.

Quais são os tratamento para celulite infecciosa?

Se você tem alguma suspeita de celulite infecciosa, precisa procurar um médico logo de cara. Indo ao médico logo no início da manifestação da doença, será muito mais fácil tratar a celulite infecciosa com antibióticos. Agora, se o caso for mais grave, terá de ser feita a internação do paciente, utilizando-se de de antibióticos orais, troca de curativos úmidos e mudança de posição para aliviar as dores.

Para bactérias estafilococos, os antibióticos recomendados são: dicloxacilina, oxacilina ou nafcilina.

Para bactérias estreptococos, normalmente usa-se os antibióticos: penicilina por via oral, penicilina por via endovenosa com clindamicina ou eritromicina e clindamicina.

Como prevenir-se da celulite infecciosa?

O ponto mais importante neste processo de prevenção é evitar, custe o que custar, abrir ferimentos nas áreas que estão suscetíveis à doença como pernas, pés e rosto. Se acontecer, mantenha o local limpo e aplicar cremes antibacterianos.  Tenha o cuidado de deixar as mãos sempre higienizadas, use bastante álcool em gel e tenha em mente que todo cuidado é pouco.

Você é importante demais para nós e nenhuma doença dessas vai te pegar se você seguir essas dicas!

Leave a Reply