? Como Eliminar a Celulite Com Drenagem Linfática? ?

Rate this post

O que é a celulite?

A celulite que nada mais é do que acúmulos de gordura localizada, que dão aspecto de “casca de laranja” na pele, podem ser um grande motivo de vergonha para as mulheres. A verdade é que isso entra na cabeça de uma forma, que não há nada que elas sintam mais vergonha do que essas marcas.  A celulite aparece quando a gordura se junta na camada subcutânea da pele, tornado-a flácida, com aparência feia e fazendo qualquer mulher sentir vontade de morrer só de olhar. Muitos hábitos podem influenciar no surgimento de celulite, como a falta de exercícios, alimentação não-saudável e predisposição genética para engordar.

Vamos conhecer algumas formas de combater a celulite?

Qual a principal causa da celulite?

A maior causa da formação da celulite é a falta ou pouca circulação linfática. Esta substância, a  linfa, contém células brancas que auxiliam na eliminação dos restos de líquidos do corpo e são responsáveis por oferecer as células toda a nutrição que necessitam. Quando a linfa circula corretamente, podemos ver células brancas saudáveis, o que é sinal também de um sistema de imunidade saudável. Agora, se por algum motivo ela não se move livremente através do organismo, as toxinas começam a tomar conta e os depósitos de gordura passam a se formar, e as células que precisaram de nutrição, passam a ficar ficam desprovidas dela. O resultado: celulite até não querer mais!

Agora você é capaz de entender a importância da Drenagem Linfática: é preciso colocar a linfa em movimento! Isso é o que garante que todos os resíduos fluidos também sejam descartados corretamente.  E a drenagem linfática é um tipo muito especial de massagem, que é recomendada para remover celulite e promover a circulação linfática.

Quais as melhores formas de acabar com a celulite?

Existem diversas formas de tratar e também de prever que as celulites tomem conta de tudo. Vamos apresentar algumas delas e você decidirá qual usar. O importante é escolher alguma que se adeque melhor ao seu estilo de vida, mas sem deixar de se cuidar ok? Aí vai:

  • Drenagem Linfática: este tipo de massagem objetiva a melhora na circulação da linfa pelo organismo. Ao aplicar uma certa quantidade de pressão, há um estimulo nos músculos e eles impulsionam o fluxo linfático pelas veias linfáticas em direção aos linfonodos, e de lá para o que os médicos chamam de linfodutos.  Este processo desencadeia a destruição e eliminação de toxinas e gorduras, reduzindo, a celulite. Via de regra é importante você confiar em um profissional qualificado, mas aqui no Val Popular, vamos te dar umas dicas de como você pode fazer isso em casa!
  • Auto Massagem Linfática: algo realmente simples como a automassagem é capaz de melhorar significativamente  a circulação linfática. A primeira coisa é identificar quais são as áreas mais afetadas, aquela onde você é capaz de perceber a celulite se acumulando. Geralmente nos joelhos e na parte superior da coxa. Você deverá pressionar essas áreas e massagear a pele em movimentos circulares, da mesma forma que faz quando amassa um pãozinho caseiro. Apenas este pequeno processo, garante que as células de seu organismo recebam toda nutrição que precisam e produz o efeito de retardar o crescimento destes depósitos de gordura e toxinas. Apenas 15 minutos por dia e você verá uma boa diferença! Apenas tome cuidado para não colocar muita pressão nas mãos, pois os vasos linfáticos são realmente muto finos.
  • Escovação da Pele Seca: este processo é realmente eficaz para melhorar a circulação linfática. Você precisará de uma escova de pele que tenha com cerdas suaves, e deverá escovar o corpo, na direção do coração. Foque mais nos braços e nas coxas pois é onde geralmente ficam mais evidente as celulites. Este ritual simples, além de auxiliar os fluxos sanguíneo e linfático, é uma maneira perfeita para remover as células mortas da pele, permitindo uma renovação celular;

Outros Métodos de Drenagem Linfática

Que a drenagem linfática é capaz de resolver estes problemas, você sabe. Agora, o que talvez não fique claro para você é que existem outros meios de realizar a Drenagem Linfática. Vamos entender mais sobre eles?

  • Aparelhos Anticelulite: existem vários tipos diferentes de aparelhos que visam remover a celulite. Um dos tipos de aparelho mais utilizados, usa da sucção e puxa a pele em várias direções, o que ativa rapidamente a circulação e a drenagem linfática. E para ajudar ainda mais, este aparelho produz muito calor, o que promove a quebra da gordura localizada. Muitos destes aparelhos são equipados com massageador, que aceleram ainda mais o processo de drenagem.
  • Pressoterapia: este procedimento é relativamente novo mas estimula a circulação e a drenagem sanguínea através do uso de câmaras infláveis. Funciona assim: eles colocam essas câmeras nos seus braços e pernas e, de forma alternada, elas inflam e desinflam, e controlam a quantidade ideal de pressão necessária. Esta pressão se parece muito com a drenagem linfática comum, e isso promove a circulação livre da linfa.

Qual a melhor forma de acabar com a celulite?

Minha amiga, todos estes processos são ótimos. Mas o principal fator é sempre a mudança de vida. É como sempre falamos por aqui: a principal mudança é de dentro para fora. Se você quiser, consegue fazer a linfa fluir naturalmente, sem a necessidade de outros procedimentos que possam ser mais caros e até arriscados. Fazendo alterações simples na sua vida, como fazer exercícios, e manter uma alimentação rica em alimentos mais nutritivos, mais verdes, mais frutas, menos gordura, menos açúcar e sal, você conseguirá fazer o que é conhecido como “A terapia de colón” que consiste numa técnica que envolve a limpeza do cólon que visa retirar as toxinas do corpo e promove a circulação linfática. Tenha em mente que as roupas apertadas colaboram para o surgimento de celulites e fuja delas!

Gostou do texto? Que tal ver um vídeo sobre este assunto e ficar ainda mais por dentro dele?

Leave a Reply

DMCA.com Protection Status  

Sobre Nós | Politica de Cookies | Politica de Privacidade | Isenção Médica e Política de Uso | Contato | Mapa do Site